Facebook Twitter Linkedin  Google Plus Pinterest Whatsapp
Blog - Artigos

Blog - Artigos

Saiba como promover estratégias efetivas para o seu Projeto Digital.

Nossos redatores publicam periodicamente nessa área artigos sobre melhores práticas, as ferramentas mais efetivas e tudo que se relaciona com todas as etapas de sua Jornada Digital.

Erros em Estratégias de Marketing Digital

Marketing digital é o conjunto de técnicas e estratégias realizadas em ambiente digital que visam o aumento da autoridade de uma marca, a atração e a promoção de relacionamentos com clientes em potencial.

É necessário, portanto que exista um razoável conhecimento de cada uma das etapas bem como das tecnologias utilizadas que servirão para atingir os objetivos globais dessa estratégia.

Obviamente que, se existe uma sequência natural e uma forma correta para se atingir um objetivo, certos cuidados necessariamente devem ser tomados para que nada saia errado no decorrer do processo.

Ocorre que por mais óbvio que possa parecer muitas marcas acabam por cometer erros que comprometem todo o processo e que são bem comuns. Em outros materiais já falamos sobre as formas corretas de obter êxito em uma estratégia de inclusão de marcas no ambiente digital.

Mas quais seriam os possíveis “erros” que não podem ser cometidos, como evitá-los, e em que momento eles ocorrem?

Em primeiro lugar tenha em mente que se envolver em qualquer projeto ou mesmo em situações cotidianas sem envolvimento e planejamento já é um erro.

Imagine você indo para o trabalho em um dia qualquer. Você segue uma rota previamente pensada. Você não pega seu carro e simplesmente segue qualquer caminho para chegar ao seu destino. E se você souber que em determinado ponto do seu trajeto a via está em manutenção, automaticamente você refaz mentalmente seu caminho alternativo antes de começar sua viagem. Esse é o procedimento correto. Você planeja sua nova rota.

Da mesma forma para obter sucesso e atingir seus objetivos em uma estratégia de Marketing Digital é preciso que se faça um planejamento antes de executar qualquer ação. Esse pequeno exemplo deixa claro a importância de um bom planejamento em qualquer situação, e é exatamente assim que acontece quando estamos envolvidos com Marketing Digital.

Vamos então aos erros que você deve evitar passando por cada uma das etapas necessárias em uma estratégia de Marketing Digital.

Funil de Marketing

1 – Branding

não lembrar que para tudo existe um propósito

Como já dissemos em uma estratégia de Presença Digital um dos piores erros é não fazer ou fazer um mau planejamento. Em uma estratégia de Marketing Digital minimamente eficaz é absolutamente necessário que se faça um planejamento criterioso de cada uma das etapas evitando, por exemplo. Inconsistências ou incoerências de alinhamento a Identidade Visual da Marca.

Digamos que ao ingressar no ambiente digital você decida adaptar sua logomarca, alterando cores ou mesmo promovendo alterações gerais mais profundas. O procedimento correto seria refazer todo o material visual, cartões de visita, folders, placas, fachadas e etc, ou então manter tudo como está? Ocorre que materiais gráficos, principalmente os mais antigos foram criados sem que se leve em conta o fato de que necessariamente deverão ser veiculados também em ambiente digital.

Mudanças muito profundas de Identidade Visual causam muita confusão para o público e, em alguns casos, fazem inclusive que o seu cliente não reconheça a sua marca on-line. Manter uma identidade única e de fácil reconhecimento para o seu público é importante, é dessa forma que ele reconhece sua marca e a diferencia das demais. Uma boa opção já em fase embrionária do projeto é contratar uma consultoria digital.

Nessa etapa uma empresa ou profissional poderá apontar o melhor caminho indicando se a mudança trará ou não algum tipo de prejuízo para a sua marca e a forma como ela é vista no mercado. Além disso, você poderá em conjunto com a consultoria planejar como será realizada a estratégia para essa mudança que em muitos casos contribui positivamente para o ingresso no ambiente digital, se for o caso.

Sim, Branding é um conceito que abrange tanto o “on-line” quanto o “off-line” e isso significa que a percepção de sua marca deve ser única, tanto para o seu público quanto para o seus colaboradores, parceiros e mesmo para você.

De uma maneira mais abrangente Branding é um conjunto de estratégias que visam promover uma percepção otimizada de uma marca para o seu público.

Então, como foi dito, não cometa o erro de não pensar em como a sua Marca será percebida no ambiente digital. Faça um bom planejamento nesse estágio para manter a percepção de sua imagem bem alinhada tanto on-line quanto off-line.

Etapas do Marketing Digital

2 - Registro de Domínio

não planejar com cuidado seu nome de domínio

Em outros artigos e materiais que publicamos já dissemos que para se registrar um domínio na internet é necessário um cadastro em uma entidade reguladora ou registrador de domínios e o pagamento de uma anuidade para mantê-lo.

Um fato muito comum é que algumas empresas são homônimas, ou seja, possuem nomes idênticos e não é raro tentar registrar um domínio e ele já ter sido registrado por outra marca. Também nessa etapa é muito importante não errar para não ter que voltar atrás e buscar um nome de domínio que tenha maior relação com sua marca.

Mais uma vez a figura do consultor é recomendável por ter experiência nessa área e poder apontar a melhor alternativa evitando arrependimentos futuros.

3 - Hospedagem de Domínios

não dar a devida importância ao plano de hospedagem

Contratar um provedor de hospedagem confiável e principalmente estável e seguro é extremamente importante. Muitas marcas pecam ao pensar em economia de recursos nessa etapa e se arrependem na sequência. Qualquer site com um mínimo de acessos e tráfego requer um plano de hospedagem que seja compatível com esses objetivos.

Não existe nada mais frustrante que ter uma boa estratégia de atração de visitas funcionando bem e ver seu site fora do ar por consumo de recursos excedidos. É aconselhável contratar um plano de hospedagem flexível, ou seja, se seu domínio ultrapassar o limite contratado, automaticamente um upgrade acontece sem que o site fique fora do ar.

Acredite, dessa forma você estará economizando recursos e não ao contrário como se costuma pensar.

Sabemos que é difícil prever qual será o tráfego futuro de um site, porém um profissional experiente saberá indicar o caminho avaliando os objetivos de um projeto, nicho de mercado e outros aspectos que influenciam diretamente na performance do projeto.

4 - Desenvolvimento (Website/Blog/Loja Virtual)

não planejar, não alinhar com a sua marca, não otimizar

Uma das etapas mais importantes é a do desenvolvimento. Já falamos em vários outros posts sobre ela e os cuidados para essa fase são muitos.

  • Escolher uma tecnologia que contemple os objetivos do projeto como um todo (banco de dados, linguagem de programação, gerenciador de conteúdo);
  • Responsividade, ou seja, seu site adaptável a qualquer tipo de dispositivo (celulares, tablets, notebooks, pc’s);
  • SEO (Search Engine Optimization), ou seja, ter um projeto otimizado para fácil localização através dos mecanismos de busca (Google, Yahoo, Bing, ASK...);
  • Layout do site perfeitamente adaptado a Identidade Visual da sua Marca;
  • Velocidade de carregamento (um dos muitos fatores de rankeamento para os buscadores);
  • Escaneabilidade;
  • Hierarquia de Menus;
  • Experiência do Usuário...

Erros nessa etapa são fatais para uma estratégia e em muitos casos podem determinar que um recomeço seja necessário, comprometendo boa parte do projeto.

Imagine o prejuízo de tempo, recursos e dedicação no caso de ter que refazer um site para corrigir alguns dos itens citados.

Você já deve ter passado por situações em que viu um anúncio interessante em uma rede social, clicou no link e foi direcionado para um site em que teve uma experiência ruim ou decepcionante. É disso que estamos falando. De nada adianta atrair um possível cliente se quando ele chega ao destino final acaba vendo que não era nada daquilo que ele imaginava.

Reside ai a importância de ter um site, blog, loja virtual, ou landing page(página de captura de dados) bem elaborada e que leve em conta todos os aspectos que mencionamos acima.

5 – Persona

não pesquisar, não definir

A definição de sua persona é primordial para toda a estratégia, cometer erros aqui é desperdiçar toda a energia e recursos em vão.

Persona é a personificação de seu cliente ideal com a maior riqueza de detalhes possíveis. Diferentemente do conceito de público-alvo que é um conceito mais genérico, o conceito de persona é muito mais específico obtido através de pesquisas com coleta de dados como hábitos, objetivos e principalmente entender de que forma você poderá solucionar dúvidas e problemas que por ventura ela possa ter.

Persona e Público-Alvo

Toda a sua estratégia deverá necessariamente ser direcionada no sentido de solucionar os problemas ou dúvidas que a sua persona tenha e na condução da mesma através da sua jornada. Já mencionamos em outros artigos os equívocos e as consequências de produzir conteúdo direcionado a persona errada.

Esse erro pode ser cometido em várias etapas, mas ocorre principalmente durante a Produção de Conteúdo.

Imagine sua marca oferecendo o serviço de conserto de um determinado aparelho e acabar atraindo clientes interessados em comprá-los. Existe uma diferença, ela pode ser aparentemente pequena, mas ela existe.

6 – Produção de Conteúdo

não ser original, não ser relevante, não cumprir promessas

O Marketing de Conteúdo é talvez a mais importante estratégia de atração do Inbound Marketing cujo principal atributo é atrair a sua persona para a solução que você oferece. Diferente do Outbound Marketing que é invasivo e pouco específico atingindo e envolvendo públicos genéricos que talvez não tenham interesse por sua marca ou serviço, no Inbound Marketing quem busca a solução para o problema é o cliente. Sua marca só precisa educá-lo e conduzí-lo até a sua solução.

A Produção de Conteúdo, como já dissemos, necessariamente deve ser direcionada a solução das dúvidas e das “dores” da sua persona sem que ocorram distorções nesse sentido.

Seu conteúdo deverá ter relevância e entregar a solução para a sua persona. Simples assim.

É importante também manter seu conteúdo atualizado, ou seja, revisar posts mais antigos e verificar se não necessitam de algum tipo de atualização. Isso além de manter a relevância de seu conteúdo contribui para sua estratégia de SEO.

Outro erro comum que deve ser evitado é não dar a devida atenção as técnicas de SEO (Search Engine Optimization) que são de vital importância para que seu conteúdo seja encontrado com maior facilidade.

Já dissemos: ‘escrever para web não é como escrever um texto comum’. Além das técnicas de SEO que já mencionamos, palavras-chave, escaneabilidade, tamanho do título, tamanho do próprio texto, frequência de publicações, além de conhecimento de tags HTML são necessários. Tags heading (h1, h2) e atributos alt nas tags de imagens (img) necessitam de cuidados. Tudo isso contribui para um bom posicionamento nos buscadores.

Avalie com cuidado a necessidade da contratação de uma agência para produzir conteúdos otimizados, caso não detenha conhecimentos sobre produção de conteúdo para internet. Uma boa estratégia de Produção de Conteúdo entrega inúmeros benefícios para sua Marca como autoridade, tráfego, relacionamento e finalmente fechamento de negócios.

7 – Inbound Marketing

não focar na persona, não otimizar

No ítem anterior já falamos brevemente sobre Inbound e sobre o papel do Marketing de Conteúdo dentro do Inbound Marketing, mas como dissemos o Inbound engloba além de técnicas de produção de conteúdo tudo que envolve a atração de sua persona para seu produto ou serviço, oferecendo a solução e conduzindo sua persona através de todas etapas da Jornada de Compra.

Mesmo que sua produção de conteúdo esteja bem alinhada com os conceitos que mencionamos no ítem 6, dentro da estratégia de atração, outros erros podem ser cometidos como distorções na definição de palavras-chave, nas técnicas de SEM(Search Engine Marketing) ou ainda uma equivocada Gestão de Estratégias em Redes Sociais.

O Inbound Marketing por envolver, SEM (SEO e PPC – “pay per click” - Links patrocinados), estratégias em Redes Sociais e tudo que envolve a atração de sua persona, obviamente deve estar em consonância total com os anseios da sua persona e ser totalmente direcionado para ela.

  • Conteúdo Relevante e Valioso que resolva e ofereça soluções aos problemas e as dores da sua persona;
  • Otimização para fácil localização dos buscadores;
  • Gestão de Mídias Sociais alinhada a Identidade Visual da sua Marca e direcionado a sua Persona.

8 – Gestão de Mídias Sociais

não dar atenção a sua audiência

Os benefícios para a sua Marca em ter uma boa presença nas mídias sociais são muitos:

  • Engajamento;
  • Relacionamento;
  • Autoridade de Marca.

Talvez o maior erro nessa etapa é não dar a devida atenção a sua audiência. Muitas marcas criam uma página em uma rede social e abandonam sua audiência não respondendo comentários ou mensagens ou ignorando reclamações. Agindo dessa maneira estão desperdiçando uma oportunidade única.

Uma boa gestão de relacionamento ou mesmo de conflitos e crises nas redes sociais pode aumentar muito sua audiência e existem inúmeros exemplos nesse sentido.

Nesse estágio também serão necessários alguns recursos gráficos, de vídeos e mesmo de redação, nesse caso também é aconselhável a contratação de uma agência ou freelancer para a criação dos materiais criativos, gestão de relacionamento, programação dos posts, alinhamento com o conteúdo produzido em outros canais a linguagem da sua persona e mensuração dos resultados entregando os relatórios com as métricas relevantes a essa etapa.

Marketing Digital

9 – E-Mail Marketing

não segmentar, enviar spam, esquecer boas práticas

O E-Mail Marketing é uma importante etapa do seu relacionamento com sua persona e necessita de total atenção no que se refere as boas práticas e também a uma boa segmentação, ou seja, uma persona pode ter interesse em determinado aspecto de seu serviço ou produto, já a outra pode ter interesse em outro aspecto. Além disso cada uma persona pode se encontrar em um diferente estágio de sua Jornada.

Mas antes de começarmos a pensar onde podemos errar, precisamos falar sobre o erro mais grave que pode ser cometido:

Enviar campanhas de e-mail marketing sem qualquer segmentação utilizando listas compradas ou obtidas sem autorização do destinatário. Esse é o erro imperdoável e por mais que você tenha uma lista de e-mails que você julgue interessante, mas que não foi adquirida via inscrição espontânea, utilizá-la para enviar e-mails certamente irá destruir sua estratégia de relacionamento.

Além do erro na segmentação de sua lista que mencionamos acima é importante salientar erros de formatação, de título, assunto, não ter link para opção de sair da lista, enfim... Este estágio requer muitos cuidados.

10 – Erros de Mensuração

não medir, medir errado, medir em excesso

Uma das maiores vantagens que o Marketing de Digital oferece é sua capacidade de mensuração de resultados em cada uma das etapas do processo, afinal a internet é o paraíso dos dados e das informações.

Em contrapartida o maior erro que se pode cometer é não acompanhar as métricas, pois somente dessa forma é possível a tomada de decisões que serão importantes para o sucesso de sua estratégia.

Outro erro comum é que mesmo que você acompanhe os resultados através de relatórios é possível que você valorize as métricas menos relevantes. Por exemplo:

“Número de seguidores em uma rede social”.

Imagine uma fanpage no Facebook com 250 mil seguidores. É um número considerável não é mesmo? Mas reflita que se esse público não tem interesse algum no serviço ou produto que está sendo oferecido na página, essa informação não tem qualquer importância, concorda?

Mais uma possibilidade de erro na hora de mensurar seus resultados é usar métricas excessivas. Insto mesmo, parece incoerente, mas é verdadeiro. Como falamos a quantidade de dados é imensa, mas você precisa focar nos dados que interessam, do contrário será um imenso desperdício de tempo e energia.

11 – Mídias Pagas

não segmentar ou segmentar de forma equivocada

Todos nós sabemos do poder das Redes Sociais. O Facebook por exemplo detém números assombrosos. São mais de dois bilhões de usuários e somente no Brasil são amis de 100 milhões.

Dito isto é natural que o investimento em anúncios seja uma consequência natural para as Marcas.

Fazendo algumas conclusões baseadas nos números que o Facebook oferece e mais do que isso, na quantidade de informações que possui sobre cada um dos seus usuários, não promover uma boa segmentação em um anúncio seria, para dizer o mínimo, uma inconsequência.

Veja bem se o sua persona são homens, com idade entre 25 e 35 anos, residentes em São Paulo com renda acima de seis mil reais e o Facebook lhe oferece a opção de direcionar seus anúncios exatamente para essas pessoas, quais os motivos que o levariam a desconsiderar esses dados?

Maior erro ainda seria não fazer qualquer tipo de segmentação mostrando seus anúncios para pessoas que não tem qualquer interesse em seu conteúdo, produto ou serviço.

12 - Ferramentas

não utilizar ou optar por ferramentas desnecessárias ou ineficazes

A internet tem uma infinidade de ferramentas úteis a disposição de quem quiser usá-las. Algumas ferramentas são pagas, outras são gratuitas de forma limitada e outras são gratuitas.

Existem ferramentas para qualquer tipo de propósito:

  • Mensuração (acessos, audiência, menções, engajamento);
  • Gerenciamento de Processos (CRM, ERPs);
  • Automação de Marketing (Landing Pages, Segmentação);
  • Programação de Posts em Redes Sociais;
  • E-Mail Marketing (Segmentação, Automação de Campanhas);
  • SEO (planejamento de palavras-chave, rankeamento, linkbuilding);
  • Design;
  • Vídeos;
  • Webinars...

Essas ferramentas tornam todos os processos mais ágeis e fáceis de mensurar e não utilizar qualquer uma delas em seus respectivos estágios é um grande erro.

13 – Sucesso do cliente

não reter seu cliente, não acompanhar seu crescimento

Depois de colocar em prática toda a sua estratégia atraindo os clientes certos e fechando bons negócios é necessário que se tome o cuidado de não abandoná-los. A retenção de clientes é uma das etapas mais importantes de todo o projeto e oferece inúmeros benefícios para a sua Marca:

 

  • Aumentando o tempo que seu cliente permanece fiel a sua Marca;
  • Conquistando a sua confiança você terá um aliado valioso que irá fazer o famoso “boca a boca” divulgando seus serviços e produtos;
  • Mantendo seu cliente satisfeito você sempre poderá agregar novos serviços com o decorrer do tempo oferecendo mais retorno para o seu cliente e aumentando seu faturamento.

 

O Marketing Digital tem muito a oferecer em tudo que se relaciona ao crescimento de um negócio desde que seja bem planejado e que todos os cuidados sejam tomados em cada uma das etapas e oferece inúmeras vantagens em relação ao Marketing Convencional, como já vimos.

Sempre recomendamos que as Marcas contratem uma empresa especializada para planejar e executar cada passo da Jornada Digital para minimizar qualquer possibilidade de erro e consequente retrabalho.

Alguma dúvida? Solicite grátis o contato de um de nossos consultores.

Laura Becker
Laura Becker
Consultora Digital
Publicitária,
Especialista Certificada em Marketing de Conteúdo, Customer Success, UX

Precisa de ajuda?

Preencha o formulário e solicite grátis o contato de um especialista:

Fique tranquilo. Nós também odiamos Spam.

Seus dados sempre estarão seguros, veja nossa Política de Privacidade

Materiais para Download

Materiais para Download

Baixe Grátis nossos Guias para Projetos Digitais...

Materiais de apoio para orientação em cada etapa de um Projeto Digital.

Se você está pensando em começar a elaborar o Projeto Web para sua Marca os materiais gratuitos abaixo podem lhe interessar:

Diagnóstico de Projeto

Avaliação

Blog/Site, Redes Sociais, SEO, Conteúdo, Marketing Digital.

Avaliação Grátis

Guia de Projeto - I

Website

Registro, Hospedagem, Desenvolvimento, SEO, Publicação.

Download Grátis

Guia de Projeto - II

Produção de Conteúdo

Palavras-chave, SEO, Revisão, Publicação, Métrica.

Download Grátis

Guia Campanha

E-Mail Marketing

10 Dicas de Estrutura, 5 Dicas de Disparo, Boas Práticas, Mensuração.

Download Grátis

Guia de Projeto - III

Redes Sociais

Guia completo para a sua Marca aproveitar todo o poder das Redes Sociais.

Download Grátis

Guia de Projeto - IV

Redes Sociais

Guia completo para a sua Marca aproveitar todo o poder das Redes Sociais.

Download Grátis

Mapa de Planejamento

Estratégia Digital

Mapa geral com todas as Etapas para Planejamento de Estratégias Digitais efetivas.

Download Grátis